O TURISMO OFF ROAD PÓS COVID-19

O que esperam nossos clientes, sobre O TURISMO OFF ROAD PÓS COVID-19?

Após 60 (sessenta) dias acompanhando os acontecimentos e desdobramentos da Pandemia, assistir a ínumeras webinar nacionais e internacionais, observamos que , tudo se tratava de cenários, que serviu de inspiração para a nossa busca.

Primeiramente definimos o que gostaríamos de investigar, disparamos para mais de 400( quatrocentros) clientes cadastrados um questionário que nos levassem a compreender as expectativas do que eles imaginavam encontrar num passeio após o término da Pandemia.

Obtivemos 142 (cento e quarenta e duas respostas), as quais nos ajudaram a compreender o que de fato esperam os turistas, não como modelo matematico ou achismo, mas através da geração de informação.

O PÓS COVID-19 NOS APRESENTOU :

66% Pretendem fazer passeios em até 30 dias após as liberações.

15% Tem a percepção de que não mudará tanto em frequencia como em formato os eventos.

50% Classificaram como relevante ou muito relevante a diminuição do número de participantes por evento.

56% Classificaram como relevante ou muito relevante que seja utilizado o serviço a la carte nas refeições.

86% das pessoas que classificaram como relevante ou muito relevante que os grupos sejam menores e que o serviço a la carte seja oferecido nas refeições, concordam provavelmente ou muito provavelmente em pagar mais por isso.

64% diz preferir passeios de 1 dia neste momento.

PÓS COVID-19 O QUE ESPERAM OS TURISTAS OFF ROAD?

Uma grande vantagem nesta retomada está no fato de que cada família vai no proprio veiculo.

Mesmo assim, encontramos maneiras que certamente reduzem as interações sociais, como por exemplo , o detalhemento do evento por whatsapp , eliminando com isso as reuniões de briefing que naturalmente geram aglomeração.

Assumimos também um compromisso com o Ministério do Turismo para aplicarmos as melhores práticas sanitárias dentro do nosso escopo de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *